Site Meter

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Depressão pós-férias

Quem nunca passou por uma fase de estresse na vida? E quem já sentiu os sintomas da tal de depressão pós-férias? Segundo pesquisa realizada pela International Stress Management Association no Brasil (Isma-Br), associação internacional que estuda métodos de prevenir e tratar o estresse, 35% dos trabalhadores apresentam problema quando retornam do merecido descanso, principalmente os insatisfeitos com o emprego.

por Luciana Campaner
Desânimo, insônia, dores de cabeça e cansaço profundo aparecem logo nos primeiros dias de trabalho e podem sumir, para alguns, depois de uma semana. Outro dado interessante, segundo pesquisa realizada pelo Laboratório de Estudos Psicofisiológicos do Stress da PUC-Campinas e Centro Psicológico de Controle do Stress, mostra que a incidência do estresse, independentemente do período, no país, é de 32% na população adulta, sendo as mulheres as mais atingidas.
Atualmente, as mulheres estão ocupando mais cargos de chefia e ainda têm a responsabilidade de cuidar da casa e dos filhos, o que contribui para desencadear o processo de estresse.
A doença é a resposta do organismo a determinados estímulos que representam circunstâncias súbitas ou ameaçadoras. Para se adaptar à nova situação, o corpo desencadeia reações que ativam a produção de hormônios, entre eles a adrenalina e o cortisol. Isso deixa o indivíduo em "estado de alerta" e em condições de reagir.
O biofeedback, considerado também um tratamento emergencial, faz com que o paciente aprenda, de forma rápida, a fazer a auto-regulação de seu corpo, provocando mudanças fisiológicas objetivas e reais.
Resumidamente, podemos dizer que o termo biofeedback corresponde às técnicas de tratamento, nas quais as pessoas são treinadas a melhorar sua capacidade de auto-regulação, utilizando os sinais do próprio corpo e alterando padrões fisiológicos como batimento cardíaco, pressão arterial, resposta galvânica e contratura muscular.
O biofeedback, considerado o tratamento do século XXI, vem sendo utilizado com sucesso no tratamento das patologias mais comuns da modernidade, como estresse, ansiedade, depressão pós-férias, dores de cabeça, distúrbio do sono, crise do pânico e déficit de atenção, entre outras. Além disso, hábitos saudáveis e pequenos momentos de relaxamento contribuem para evitar não só a depressão, como também outros níveis de estresse, comuns nos dias de hoje.


Fonte: Gazeta de Ribeirão/ On-line

2 comentários:

cacá 10 de setembro de 2008 00:11  

parabens pela matéria, eu msm ja passei por essa...alias, venho fazendo tratamento p depressão ainda hj...
te add nos meus favoritos ok

Paula Camargo 11 de setembro de 2008 11:51  

Eu voltei completmente maluca após uma viagem de um mês! é impressionante como viagens chacoalham agente.

Meus Artigos no Artigonal - Visite e Confira!

Psicologaram

Perfil

Minha foto
Nuccia Gaigher
"É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo." Clarice Lispector
Visualizar meu perfil completo

psicologados

Crimes na Internet? Denuncie!
Visando alcançar os objetivos do milênio:

Sign by Danasoft

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Volte ao Topo AQUI